Menu de navegação de página

T e x t o s & T e x t u r a s

Celebração da Esperança (Liturgia)

(Capela da Serra: 25 de setembro de 2011)

 

Esta liturgia também foi realizada na Igreja Metodista Central de Campinas, no dia 24.

O jardim

Chama a aten­ção o fato de que Deus tenha plantado a “árvore da vida no meio do jar­dim e a árvore do conhe­ci­mento do bem e do mal” e que esta não deve­ria ser tocada. Trata-se de uma reserva eco­ló­gica, uma área res­trita que a huma­ni­dade jamais deve­ria vio­lar, loca­li­zada bem no cen­tro do Éden. Com isso, Deus dava a enten­der que há regiões que devem per­ma­ne­cer vir­gens, livres do con­tato humano, tais como os resquí­cios de mata atlân­tica, as nas­cen­tes de água nas ser­ras, os luga­res dos quais nossa exis­tên­cia depende, nos dias de hoje. O equi­lí­brio eco­ló­gico depende desse res­peito que lhe deve­mos. Vio­lar essa ordem divina é come­ter pecado grave. Os seres huma­nos vio­la­ram essa regra a tal ponto que já não há jar­dim para que dele seja­mos expul­sos. Nós é que expul­sa­mos de nós o jar­dim que Deus nos deu. Toda­via(!), tal­vez ainda haja tempo. Pois, ainda temos essa memó­ria “gené­tica”, esta bela his­tó­ria dos prin­cí­pios. Tal­vez ainda pos­sa­mos hon­rar a nossa voca­ção de ser­mos “almas viventes”, se nos tor­nar­mos (con­ver­são!) de fato a cons­ci­ên­cia da terra, se abra­çar­mos a nossa voca­ção pri­meira na pro­mo­ção e na pro­te­ção desse jar­dim. Oxalá enten­da­mos de uma vez por todas que o res­peito e a pre­ser­va­ção não são ques­tões mar­gi­nais, mas têm que estar no cen­tro da nossa vida. As reser­vas eco­ló­gi­cas não devem ficar res­tri­tas às lon­gín­quas, des­cui­da­das e amazô­ni­cas flo­res­tas, mas no cen­tro da nossa casa, do nosso bairro, da nossa cidade.

Que Deus torne a soprar sobre nós o fôlego da vida de modo que pos­sa­mos con­ti­nuar a ser almas viven­tes, para a sua honra e a sua glória.

Luiz Carlos Ramos
(Extrato da prédica “E Deus plantou um jardim…”,
disponível na íntegra em http://www.luizcarlosramos.net/?p=1382)

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: