Menu de navegação de página

T e x t o s & T e x t u r a s

Natal

14 Comentários

  1. Gostei! um texto tão poético que desencadeia pensamentos poéticos… vou ler os outros… mas já vou deixar meus olhos ao relento, pra ver se vejo a dança de estrelas e vaga lumes e contemplo a glória de Deus recriando céu e terra em meio à noite escura…

  2. Gostei! um texto tão poético que desencadeia pensamentos poéticos… vou ler os outros… mas já vou deixar meus olhos ao relento, pra ver se vejo a dança de estrelas e vaga lumes e contemplo a glória de Deus recriando céu e terra em meio à noite escura…

  3. Interessante isso de carteiros, pirlampos e sem-tetos. Jesus é sempre a esperança…..

  4. Interessante isso de carteiros, pirlampos e sem-tetos. Jesus é sempre a esperança…..

  5. Ei, Luiz, o que vc vai ser quando crescer????? pensando melhor, cresce não, continua com alma de menino pra repartir essas coisas bonitas.

  6. Ei, Luiz, o que vc vai ser quando crescer????? pensando melhor, cresce não, continua com alma de menino pra repartir essas coisas bonitas.

  7. Publicação linda. Conteúdo comovente. Parabéns. Beijão.

  8. Publicação linda. Conteúdo comovente. Parabéns. Beijão.

  9. Recomendo este livro. Caminhar pelo texto é pensar que “Deus decidira visitar-nos, não no extraordinário do tempo, mas na simplicidade do cotidiano e, por isso mesmo, tocou o âmago da vida humana.(…) Deus é uma criança que sente a nossa sede e a nossa fome (…) que chora de saudade; e que se sente feliz ao sentar-se conosco à mesa para repartir o pão da justiça e o cálice da alegria. O Natal é isso: deixarmos que as estrelas e a lua nos transubstanciem em anfitriões da vida”. Grata Luiz por nos inspirar e trazer de volta a esse lugar que compartilho com todo@s neste final e início de um novo ano.

  10. Recomendo este livro. Caminhar pelo texto é pensar que “Deus decidira visitar-nos, não no extraordinário do tempo, mas na simplicidade do cotidiano e, por isso mesmo, tocou o âmago da vida humana.(…) Deus é uma criança que sente a nossa sede e a nossa fome (…) que chora de saudade; e que se sente feliz ao sentar-se conosco à mesa para repartir o pão da justiça e o cálice da alegria. O Natal é isso: deixarmos que as estrelas e a lua nos transubstanciem em anfitriões da vida”. Grata Luiz por nos inspirar e trazer de volta a esse lugar que compartilho com todo@s neste final e início de um novo ano.

  11. Recomendo, eu comprei, é simplesmente lindo…

  12. Recomendo, eu comprei, é simplesmente lindo…

  13. Maravilhoso!!!
    Seus textos sempre vem cheio de ternura e sensibilidade.
    Não tem como ficarmos passivas/os diante deles.
    Precisamos torná-los práticos em nossas vidas e comunidade.
    Um abraço fraternal
    Feliz Natal para os liturgos da Capela da Serra.

  14. Maravilhoso!!!
    Seus textos sempre vem cheio de ternura e sensibilidade.
    Não tem como ficarmos passivas/os diante deles.
    Precisamos torná-los práticos em nossas vidas e comunidade.
    Um abraço fraternal
    Feliz Natal para os liturgos da Capela da Serra.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: