Menu de navegação de página

T e x t o s & T e x t u r a s

O tesouro e o coração estão sempre juntos

 

Dente-de-leao-aves

(Lucas 12.22-34, versão e alocução by Luiz Carlos Ramos | Trilha sonora: Sonata para piano e cello em Sol menor, Op. 65 – III. Largo.1)

* * *

Depois de ter feito severa advertência quanto à loucura dos ricos avarentos, Jesus passa a confortar os pobres em suas aflições e ansiedades:

— Celeiro nenhum, cheio ou vazio, vale uma vida, e é por isso que eu digo a vocês: não deixem que a ansiedade e a preocupação pelo que haverão de comer ou vestir roube de vocês a paz e a saúde. Pois a vida é mais do que comida, e o corpo é mais do que roupas.

Vejam as aves: não semeiam, não colhem, não têm despensas nem celeiros, todavia Deus as sustenta. Ora, vocês não valem muito mais do que as aves? Por acaso já ouviram dizer que a ansiedade aumentou um único dia à vida de alguém? Portanto, se vocês não podem mudar uma coisa tão mínima, como a quantidade de dias de vida, por que se preocupar com todas as outras coisas?

Vejam como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem tecem roupas para si mesmos. Mas eu afirmo a vocês que nem mesmo Salomão, sendo tão rico, usava roupas tão bonitas como uma dessas flores. É Deus quem veste a erva do campo, que hoje está aqui e amanhã desaparece com as queimadas. Sendo assim, estejam certos de que Deus vestirá também vocês, ainda que sua fé seja tão pequena!

Portanto, não fiquem aflitos perguntando o tempo todo: “O que vamos comer?” ou “O que vamos beber?” Pois os incrédulos deste mundo é que estão sempre preocupados com todas essas coisas. No entanto, o Pai de vocês sabe que vocês precisam de tudo isso. Portanto, busquem em primeiro lugar o Reino de Deus, e Deus lhes dará essas e todas as demais coisas de que têm necessidade.

Não tenha medo, meu pequenino rebanho; porque nosso Pai oferece a vocês nada mais nada menos que o seu próprio reino, e o oferece com a maior alegria. É por isso que vocês podem se desfazer das suas propriedades sem dor no coração, e oferecer sempre e generosamente ajuda aos pobres.

Troquem suas bolsas por outras que não se desgastem nunca, não acumulem tesouros em celeiros, mas os espalhem a céu aberto, porque no céu eles não enferrujam, lá não chega o ladrão, nem a traça consome.

Porque, onde está o seu tesouro, aí estará também o seu coração.

Lucas 12.22-34, versão de Luiz Carlos Ramos
Para o Décimo Segundo Domingo da Peregrinação após Pentecostes, Ano C, 2016

Arquivo 29-06-16 17 35 13

Conversa entre amigos
é uma iniciativa da Igreja Metodista de Pirassununga.
Corações abertos. Mentes abertas. Braços abertos.

Visite-nos em
www.metodistapirassununga.org

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: