Menu de navegação de página

T e x t o s & T e x t u r a s

Ó, tu que salvas o corpo da morte

Luiz Carlos Ramos
(Inspirado no texto de Romanos 12.1-2)

Ó, tu que salvas o corpo da morte
e a alma das trevas:
recebe o louvor que ofereço
do fundo deste corpo sacrificado, mas vivo.

Permite que esta carne corruptível te seja santa;
que meu canto tímido te seja agradável.

E habitarei os teus altares para sempre;
pois sou todo teu, de corpo e alma. Amém.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: