Menu de navegação de página

T e x t o s & T e x t u r a s

Salmo Urbano

 Foto: Vista do Morro da Providência, Rio de Janeiro 

* * *

Ergo os olhos para os morros: de onde me virá o socorro?

O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra,
a cidade e o sertão.

Livra-me, ó Deus, da violência das ruas, da injustiça dos palácios,

da exploração dos ricos, da vergonha dos maus políticos,

dos crimes de sangue, dos criminosos de colarinho branco,

das armadilhas dos meios de comunicação,
da idolatria do consumo e dos templos do mercado.

A minha alma anseia pelo Senhor,
mais do que o sem-teto pelo fim da tormenta.

Mais do que o vigilante pelo romper da manhã,
espere, toda a cidade, no Senhor,
pois no Senhor há misericórdia e não miséria;

nele há favor e não pavor; nele há esperança e não espera;

enfim, nele há a Vida para sempre e a FELIZ-CIDADE.

Luiz Carlos Ramos

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: