Menu de navegação de página

T e x t o s & T e x t u r a s

Culto de Renovação da Aliança com Deus

30 de dezembro de 2018

1.Domingo após o Natal | Ano C, 2018 | Cor litúrgica: Branco/amarelo
| 1 Samuel 2.18-20, 26| Salmo 148| Colossenses 3.12-17| Lucas 2.41-52

Prelúdio | Acendem-se as velas | A comunidade permanece em silêncio e oração

Intróito | Salmo 148.7-14 (NAA)

Desde a terra, louvem o SENHOR!
Louvem-no, monstros marinhos e todos os abismos;

fogo e granizo, neve e vapor
e ventos fortes que lhe executam a palavra;
montes e todas as colinas,

árvores frutíferas e todos os cedros;

feras e todo o gado,

animais que rastejam e aves;

reis da terra e todos os povos,

príncipes e todos os juízes da terra;

rapazes e moças, velhos e crianças.

Louvem o nome do SENHOR,

porque só o seu nome é excelso;
a sua majestade está acima da terra e do céu.

Ele exalta o poder do seu povo,

o louvor de todos os seus santos,
dos filhos de Israel, povo que lhe é chegado. Aleluia!

Cântico congregacional | Gloria Patri

Oração por pureza de coração

Deus que tudo podes, para quem todos os corações estão manifestos, todos os desejos conhecidose nenhum segredo encoberto: purifica os pensamentos de nossos corações pela inspiração de teu Santo Espírito, para que possamos amar perfeitamente e glorificar dignamente teu santo nome; por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

Convite à renovação da Aliança com o Senhor

Amados irmãos e irmãs, a vida cristã, a que somos chamados, é vida em Cristo; por ele libertada do pecado e consagrada a Deus. Nós, homens e mulheres, fomos admitidos nessa vida pela Nova Aliança, que nosso Senhor Jesus Cristo, como seu Mediador, selou com seu próprio sangue para todo o sempre.

Essa Aliança é a segurança de que Deus há de cumprir em nós e por meio de nós o que prometeu em Cristo Jesus. Deus nos concede e aperfeiçoa a fé em nós. Reconhecemos que sua promessa permanece, pois experimentamos sua bondade e graça em nossas vidas, dia após dia.

Na Aliança, prometemos viver não em função de nossos próprios interesses, mas para aquele que nos amou, sacrificou-se por nós, e nos chama a servi-lo, a fim de cumprir o propósito de sua vinda.

Renovamos, com frequência, nossa Aliança com o Senhor, especialmente quando nos reunimos ao redor de sua mesa. Hoje, porém, queremos nos consagrar de forma especial, como nossos pais e mães na fé o fizeram por gerações. Hoje, queremos renovar solenemente, e com alegria, a Aliança que nos une às gerações passadas, uns aos outros e a Deus.

Recordando, pois, as misericórdias de Deus e com a esperança de sua promessa, examinemo-nos à luz do Espírito Santo, de modo que possamos descobrir em que temos falhado e o que nos falta em fé e obras. Considerando tudo o que esta Aliança significa, ofereçamo-nos de novo a Deus.

Ato de adoração

Adoremos ao Pai, o Deus de amor que nos criou, que nos preserva e nos sustenta a cada instante; quenos amou com amor eterno e nos deu a luz do conhecimento da sua glória na face de Jesus Cristo.

Aleluia!

Gloriemo-nos na graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, tornou-se pobre por nossa causa; que andou fazendo o bem e pregou o evangelho do Reino; que, como nós, em todas as coisas foi tentado, mas sem pecado; que foi obediente até à morte, e mortede cruz; que foi morto, e vive eternamente; que abriu o Reino dos Céus a todas as pessoas que creem no seu nome; que se assenta à direita de Deus, na glória do Pai; e que virá novamente para nos julgar.

Aleluia!

Regozijemo-nos na comunhão do Espírito Santo, o Senhor e doador da vida, por quem nos é dado nascer na família de Deus, e sermos feitos membros do corpo de Cristo; seu testemunhonos confirma; sua sabedoria nos ensina; seu poder nos fortalece. O Espírito Santo está pronto a fazer por nós infinitamente mais do que tudo que possamos pedir ou imaginar.

Aleluia!

Convite à confissão

Ó Deus, tu nos ensinaso caminho da vida por meio de Jesus Cristo. Confessamos, com vergonha, nossa lentidão para aprender e nossa indecisão para seguir-te. […]

Perdoa, ó Deus, […] o egoísmo de nossas orações, nossa inconstância e falta de fé; nosso descuido da comunhão entre irmãos e irmãs e também quanto aos meios de graça; nosso titubeante testemunho de Cristo, nossos falsos pretextos e nossa ignorância voluntária de teus caminhos.

Perdoa-nos pelas vezes que temos empregado mal nosso tempo e nossos dons, por nossas desculpas e irresponsabilidade. Lamentamos profundamente nossaindisposição em vencer o mal com o bem e nossa relutância em carregar a cruz.

Perdoa-nos, pois nãotemos amado o nosso próximo nem nos importado com seu sofrimento e pecado. Pelas vezes que temos optado por cuidar apenas de nossos próprios interesses. Temos julgado de forma leviana, com mais prontidão para condenar do que para perdoar.

Cântico congregacional | Se sofrimento te causei, Senhor

Afirmação de Perdão | 1 Samuel 2.18-20, 26 (ARA)

Cântico congregacional | HE 183

Convite ao Compromisso | Colossenses 3.12-17

Cântico congregacional | Grandes são as tuas obras

Leitura do Evangelho | Lucas 2.41-52

Prédica | Rev. Luiz Carlos Ramos

Jesus ia crescendo em sabedoria, em estatura e graça,
diante de Deus e da humanidade.(Lc 2.52)

Ato de Renovação da Aliança

E agora, amados irmãos e irmãs, unamo-nos voluntariamente a Deus e tomemos sobre nós o jugo de Cristo. […]

Consagremo-nos novamente ao Senhor, façamos nossa aliança com Deus e, descansando totalmente na sua graça e confiando nas suas promessas, decidamos jamais voltar atrás.

Cântico congregacional | Jesus é a Aliança

Oração da Aliança [ajoelhados]

Ó Senhor, Deus Santo, tu nos chamaste, por meio de Cristo, para participar nesta Aliança de tua graça. Agora, tomamos sobre nós, com alegria, a tua cruz. Comprometemo-nos, por amor a ti, a obedecer-te e a buscar tua perfeita vontade. Já não pertencemos a nós mesmos, mas a ti.

Senhor, a ti pertencemos. Usa-nos para o que quiseres e onde quiseres; seja para cumprir alguma tarefa ou para sofrer por causa do teu nome; dispõe de nossa vida ou dispensa-nos, conforme o teu querer; exalta-nos ou humilha-nos; enche-nos ou despoja-nos; concede-nos tudo ou deixa-nos sem nada. Livremente e de todo o coração, nós nos submetemos à tua vontade. E agora, glorioso e bendito Deus, Pai, Filho e Espírito Santo, tu és o nosso único Deus e nós, o teu povo. Assim seja! E que a Aliança que firmamos na terra seja confirmado nos céus. Amém!

Cântico congregacional | Deus dos Antigos

Bênção | Que a luz de Cristo Brilhe

⁂ ⁂⁂

Liturgia preparada pelo Rev. Luiz Carlos Ramos juntamente com o Ministério do Culto da Igreja Metodista em Pirassununga a partir da Ordem para a Renovação do Pacto elaborada por John Wesley (séc. XVIII).

Imagem:
Pixabay, CC0 Creative CommonsGrátis para uso comercial, Atribuição não requerida

Um comentário

  1. Esse texto é muito forte e verdadeiro….resta-nos cumprir com Gratidão.

Deixe uma resposta para Lisete Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: